O JARGÃO

30 Aug 10:47
Se conhecemos a Bíblia, Deus pode nos dar as palavras certas.
Fiz-me tudo para com todos, com o fim de, por todos os modos, salvar alguns. v.22
O que os adolescentes querem dizer quando dizem que estão “sussi” (sossegados)? E se pedem por “grana” (dinheiro)? Se um adolescente gosta da roupa nova de alguém, ele simplesmente diz “top”, significando “legal”. Os adolescentes têm seu próprio jargão, que alguns de nós talvez não entendamos, e parece que esses termos estão sempre mudando.

Os cristãos também têm o seu próprio jargão. Usamos expressões comuns que os não cristãos talvez não compreendam. Por exemplo: usamos as palavras graça, salvos e arrependimento. São palavras boas, mas quando compartilhamos a nossa fé, talvez seja melhor dizer: “O perdão de Deus é um presente imerecido”, em lugar de graça. Ou em vez de dizer que somos salvos, podemos dizer: “fomos resgatados da morte para receber a vida eterna”. Poderíamos dizer: “afastar-se de seus erros” para a palavra arrependimento.

Para alcançar tantas pessoas quantas fosse possível com o evangelho de Cristo, o apóstolo Paulo estava disposto a ser flexível em seu ministério (1 Coríntios 9:19-23). Talvez por esse motivo, ele tenha incluído as palavras que usou para explicar as boas-novas da morte e da ressurreição de Jesus.

Podemos ajudar alguém a entender o significado do novo nascimento, da transformação pelo amor e perdão de Jesus, ao explicar-lhe a nossa fé em termos fáceis de serem compreendidos.